Terapia de Casal
|

Você tem vergonha de fazer terapia de casal?

Não tenha vergonha de fazer terapia de casal porque buscar ajuda para melhorar o relacionamento faz parte de um sentimento muito nobre de amor, carinho e preocupação com o outro.

Definirei o tipo de tratamento após escutar pacientemente e entender cuidadosamente os problemas pelos quais o casal está passando. A abordagem prática e científica, enquanto balanceia e pondera as emoções em jogo, ajuda a trazer a transparência necessária e apego entre os parceiros. Isto definitivamente ajuda a tomar a decisão certa, não somente para o relacionamento, mas também individualmente.

Relacionamento Afetivo

Um relacionamento atravessa inúmeras fases durante seu ciclo de vida, e é óbvio que tenha algumas dificuldades. Contudo, a força de um relacionamento é refletida em como o casal lida com estas dificuldades e segue em frente. O estilo de vida contemporâneo e o pensamento moderno mudou o padrão de pensamento das pessoas sobre relacionamentos. E isto virou de cabeça pra baixo as estatísticas de divórcio e casamento nas últimas décadas. Embora o divórcio seja necessário em vários casos para evitar problemas futuros e angústias emocionais, caso os problemas não sejam somente circunstanciais, mas também irremediáveis e irreversíveis, acredito que é necessário dar ao amor uma chance, e existem relacionamentos que podem ser salvos, se as pessoas envolvidas darem o primeiro passo e façam um último esforço para salvar a relação. Leia também este artigo 10 benefícios da terapia de casal poderá ajudar!

Tipo de problemas comuns entre casais

Seja a questão da comunicação na relação ou os problemas relacionados à infidelidade ou insatisfação sexual, o aconselhamento de casais juntamente com o apoio psiquiátrico, sempre que necessário, podem ajudar a lidar com estas questões de uma forma científica e comprovada. Sabemos que estes problemas podem ser esclarecidos, analisados e superados após um tempo, e  ajudo os pacientes a entenderem e acreditarem nisso.

Abordagem

A abordagem acerca da terapia de casal é orientada não somente para resolver o problema que estão enfrentando um com o outro, mas também para reavivar o sentimento de amor e afeição de ambos, que, embora possa estar enterrado lá no fundo, ainda pode estar muito presente.

A abordagem metódica na terapia de casais é com o intuito de melhorar a comunicação do casal, estabelecer metas de curto e longo prazo, em que ambos os parceiros definem suas próprias expectativas a serem cumpridas, trabalhando efetivamente afim de melhorar o relacionamento. Com a ajuda de uma terceira e neutra perspectiva, ajudamos a trazer clareza na relação definindo os erros que cada um cometeu e onde a reação exagerada causou a explosão emocional, que por sua vez, aprofundou o desgaste na relação.

Vergonha de fazer terapia de casal?

Se você está pensando em procurar ajuda mas tem vergonha de fazer terapia de casal, expor seus sentimentos mais íntimos, talvez esteja frente a uma boa oportunidade de se encorajar em prol de melhorias no seu relacionamento. Ninguém procura ajuda psicológica sem um motivo imediato, suas razões serão suficientes para lhe dar forças e a lutar para este investimento emocional necessário.

Abuso Emocional Agendar com a psicóloga Ajuda Emocional ajuda para casal em crise Ajuda Psicológica Ansiedade e Tratamento casamento Como funciona a terapia de casal comunicação Confiança Convivência com o Próximo dependente afetivo Dependência Afetiva depressão diagnóstico para o amor Dicas no Trabalho emoções estresse Filhos Imigrantes medo melhorar comunicação problemas nos relacionamentos psicologa Psicoterapeuta Psicoterapia psicóloga para casal psicólogo Raiva Relacionamento Relacionamento Amoroso relacionamento difícil Relacionamento Duradouro Sintomas do Estresse Síndrome do Pânico Terapia Terapia com Psicóloga Brasileira terapia de casais terapia de casal Terapia de Casal Online Terapia Online trabalho Transtorno Bipolar Transtornos tratamento para ansiedade

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *