A raiva no casamento ou namoro
|

Raiva e relacionamento amoroso

Use a raiva favor do seu relacionamento amoroso

Usar a raiva favor do seu relacionamento amoroso, pode ser interessante pensar sobre um algo que em um primeiro momento simboliza o “negativo” o “destrutivo”, mas devemos estar atentos a energia que utilizamos para lidar com a frustração dos momentos a dois. Neste texto podemos ilustrar um pouco como aprender a utilizar a raiva e conhecer sobre nós mesmos e sobre o outro que amamos.

No início de um relacionamento amoroso tudo são mil maravilhas! É amor pra cá, carinho pra lá, surgimento de inspirações, declarações de amor e tudo que um bom começo de uma relação amorosa pode ter.

Todo esse carinho fica em evidência devido à alta necessidade que um tem de provar para o outro que é um ótimo (a) parceiro (a). Fica até difícil de acreditar que todo esse carinho pode se transformar em um sentimento contrário em questão de tempo.

A má notícia é que todo esse fogo de início de relacionamento não é eterno, muito pelo contrário, ele passa rápido até demais.

Aquela mesma pessoa que te oferecia todo o carinho que você estava sempre disposto a retribuir passa a ser a responsável por um sentimento muito diferente, a raiva.

A raiva, por sua vez, é muito comum em qualquer tipo de relacionamento, já que a convivência é um dos principais fatores para descontentamentos.

O pior de tudo é que os momentos de fúria são mais marcantes que os momentos de plenitude, sendo assim, é muito mais fácil você se lembrar de quando estava com raiva do que quando estava bem.

Apesar de tudo, você pode usar esta raiva a favor do seu relacionamento. Veja como a raiva pode te ajudar a manter uma boa relação com seu (sua) parceiro(a).

Como a raiva pode te ajudar?

Sendo uma energia muito potente, a raiva é um excelente combustível para qualquer ação, e quando direcionada corretamente para a resolução dos seus problemas, você pode obter ótimos resultados.

Uma grande complicação é quando direcionamos nossa raiva para a direção errada, piorando a situação, gerando ainda mais problemas e outros sentimentos negativos.

Siga esses 3 passos e use toda sua raiva para entender e resolver os seus problemas amorosos:

1.Assuma sua fúria

Assumir que estamos com raiva para nós mesmos é o primeiro passo. Por mais que isso pareça algo desnecessário ou até mesmo óbvio, não é tão simples assim.

Nos momentos de raiva nós agimos muito por impulso, tomando diversas atitudes precipitadas e causando futuros arrependimentos. Quando admitimos conscientemente que estamos nervosos, temos um maior controle das nossas ações e evitamos magoar quem não gostaríamos.

Não entenda errado. Não ignore sua raiva, apenas entenda e aceite que ela está presente.

2. Busque a origem dessa irritação

Toda raiva é gerada por um ou mais motivos. É exatamente esse o ponto! Após admitir que você está descontente com alguma coisa, você precisa descobrir qual é esta coisa.

O ideal é fazer uma reflexão e entender a origem de toda sua indignação. Faça perguntas para você mesmo e não tenha respostas óbvias do tipo: “Porque meu marido é insuportável” ou “Porque minha esposa nunca me entende”.

Faça uma análise geral de como tudo aconteceu, qual foi o momento exato em que você percebeu que já estava irritado e entenda todos os fatores que te levaram a ficar com raiva.

Em alguns casos você não vai encontrar a resposta na situação em que aconteceu, mas sim em uma situação anterior, podendo ser até mesmo em um ocorrido que tenha acontecido no trabalho ou em algum outro lugar que você tenha frequentado.

3.Direcione sua raiva

Sabendo a origem, você precisará reconhecer sua participação neste problema e concluir se a outra pessoa foi responsável ou se você também teve influência no resultado disso tudo.

O importante é esclarecer tudo na sua cabeça e não fingir que não aconteceu, isso só piora tudo, já que você continua se sentindo mal sem poder fazer nada para reverter isso.

Agora que já está tudo claro, o próximo passo é conversar com seu (sua) parceiro (a) e entender o seu lado. Aproveite para expor o seu descontentamento e chegar a um acordo.

Além de resolver uma situação que já ocorreu, vocês evitam novas situações parecidas.

Temas de Psicologia

Abuso Emocional afetividade Agendar com a psicóloga ajuda para casal em crise Ajuda Psicológica ansiedade do vestibular Ansiedade e Tratamento ansiedade no cursinho Como funciona a terapia de casal Confiança Convivência com o Próximo Dependência Afetiva depressão diagnóstico para o amor Dicas no Trabalho emoções esgotamento estresse estresse do estudo Filhos hiponcodria medo medo de ficar doente medo de morrer medo de médico medo de prova percepção problemas nos relacionamentos psicologa Psicoterapeuta Psicoterapia psicóloga para casal Raiva Relacionamento Relacionamento Amoroso relacionamento difícil Sintomas do Estresse Síndrome do Pânico Terapia terapia de casais terapia de casal Terapia de Casal Online trabalho Transtornos tratamento para ansiedade

Similar Posts